Os Suplementos Alimentares comumente são abordados de uma maneira errada pelos meios de comunicação e até por alguns profissionais de saúde e do esporte, chegando a compará-los e confundi-los com esteroides anabolizantes.

Sempre que se assiste a alguma matéria falando sobre estética e culto ao corpo, ao citar os esteroides anabolizantes vem a imagem de vários suplementos nas prateleiras, confundindo grande parte dos telespectadores e resultando em frases do tipo “suplementos fazem mal a saúde”, “eu vi na televisão que nesses produtos têm drogas que podem matar”. Mas esse tipo de comentário nunca é ouvido ao se consumir um lanche de fast food, junto com aquele refrigerante açucarado ou naquele churrasco regado a cerveja e pagode(nada contra o ritmo musical, ok?).

Já vi fumante dizer que tem receio de usar suplementos, com medo de que possa fazer mal a sua saúde. Parece até brincadeira, mas não é. A intenção não é criticar, mas trabalhar para diminuir a desinformação nesse assunto e aumentar o número de pessoas que possa cada vez mais se beneficiar das técnicas de nutrição disponíveis atualmente.

Os suplementos alimentares são uma inovação tecnológica, assim como o controle remoto, a internet e o celular, a fim de tornar nossa vida mais fácil e permitir uma nutrição adequada, principalmente nos horários em que a alimentação completa e balanceada seria inviável. Isso sem falar que muitas pessoas nem sequer têm tempo de comer ou tem o tempo muito reduzido, impossibilitando de comer e ingerir corretamente tudo que é necessário.

Também questionam se os suplementos são apenas para atletas. Realmente para os atletas os suplementos são de grande valia, devido ao grande desgaste nos treinos e competições, mas seu uso não é restrito somente a essa categoria.

Imagine um executivo atarefado indo de uma reunião a outra sem comer absolutamente nada por falta de tempo. Isso fatalmente trará prejuízos físicos e até no seu trabalho, visto que faltará combustível para seu corpo e especialmente para o cérebro. Não seria melhor usar um shake rico em proteínas, balanceado em carboidratos e pobre em gordura ao invés do típico pão com mortadela e guaraná?

Você prefere que seu filho coma no colégio uma coxinha carregada de gordura ou uma barra de proteína? Garanto que a segunda opção é muito melhor.

Em hospitais o uso de suplementos também é muito comum. No tratamento de queimados usa-se glutamina para regeneração celular. A albumina é usada para quem precisa de proteínas e tem dificuldade de mastigação. Após cirurgias de redução de estômago os suplementos também são usados devido a dificuldade de ingestão de alguns alimentos.

Os suplementos também são usados com bastante freqüência por várias pessoas de diversos segmentos como atores, modelos, dançarinos(as), passistas de escolas de samba, dentro outros, além de pessoas que apenas buscam uma melhora na qualidade de vida, fortalecimento da imunidade e mais saúde.

Ninguém deve sair por aí abrindo potes e tomando tudo que vê pela frente. A suplementação alimentar, quando bem administrada, completa as dietas e gera bem-estar. Consulte sempre um profissional habilitado, que vai te orientar quanto ao  uso correto dos suplementos.

O que realmente faz mal é uma alimentação fora de hora, rica em gorduras e açúcares simples, muitas vezes acompanhada de sedentarismo. Atividade física aliada a uma boa alimentação e suplementação é a melhor forma de manter sua saúde e seu corpo saudáveis. Aprenda mais sobre os suplementos alimentares e desfrute dos benefícios que eles têm para oferecer. Bem vindos ao século XXI.