É comum alguém dizer que não emagrece porque tem metabolismo lento ou que exercícios aceleram o metabolismo. Mas o que isso quer dizer? 
De uma forma bem sucinta podemos dizer que metabolismo é o conjunto de transformações químicas no nosso corpo, gerando um gasto calórico. Quando estamos em repouso também gastamos energia, pois nossos órgãos estãofuncionando, estamos respirando, cabelos e unhas estão crescendo etc. Esse mínimo de energia que gastamos para nos manter vivos é chamado de taxa metabólica basal ou metabolismo basal, correspondendo a mais de 70% do nosso gasto calórico diário. 
Quando por exemplo dizemos que determinado medicamento será metabolizado no fígado quer dizer que ele sofrerá modificações químicas, resultando em metabólitos, que interagindo com os receptores específicos, produzirão o efeito esperado. 
O metabolismo de uma pessoa envolve uma complexa rede de hormônios e enzimas que além de converter a comida em energia, dita o quão eficiente é essa conversão. É ele que estabelece a que nível queimamos as calorias e o quão depressa ganhamos ou perdemos peso. Por isso nem todos nós queimamos calorias da mesma forma e com a mesma rapidez, sendo influenciado por vários fatores como idade, peso, altura, sexo, temperatura ambiente, dieta e prática de exercícios. 
As células musculares tem uma capacidade maior de queimar calorias. Por isso os homens tem um percentual de gordura menor que o das mulheres. Elas podem até achar injusto, mas o organismo feminino tem mesmo uma queima calórica menor, visto que as mulheres tem menos músculos que os homens. 

Por isso a pratica de exercícios físicos é importante, especialmente a musculação, a fim de se ganhar massa muscular e garantir uma maior queima de calorias mesmo em repouso. Logo, quanto mais músculos, menos gordura. Bom, não é? 

Ficar muito tempo sem comer é outro vilão do metabolismo, que vai fazer o corpo acumular gordura e se preparar para a próxima vez que você o deixar passar fome, como forma de defesa. Vale a regra de comer a cada 3 horas, a fim de acelerar o metabolismo.

Já ouviu dizer que o inverno é a melhor época do ano para emagrecer? Pois é verdade. O frio acelera o metabolismo, usando mais energia(calorias) para se manter aquecido. Por isso sentimos mais fome. O problema é que expomos menos o corpo e acabamos por comer demais, o que na prática resulta em gordurinhas a mais e não em emagrecimento. 

Algumas disfunções metabólicas também podem afetar o metabolismo, como é o caso do hipotireoidismo, que pela baixa produção de hormônios da tireoide o deixam mais lento, queimando menos calorias e acumulando gordura.

Outro fator importante é a água, fundamental para transportar hormônios, vitaminas e minerais, além de facilitar o trânsito intestinal e a eliminação de toxinas. Sem água, o nosso metabolismo fica lento, ficamos mais intoxicados e envelhecemos mais rapidamente.

Para conseguir um corpo sadio e bem torneado, a saúde do seu metabolismo é essencial. Lento ou rápido? O freio e o acelerador estão em suas mãos!